Rio de Janeiro, 19 de outubro de 2019

É Advogado, Consultor Político e Membro da Associação Brasileira de Consultores Políticos - ABCOP.  Atua há mais de 35 anos como Assessor e Consultor Político.  Autor de "A Arte da Governabilidade", Ed. Multifoco.  Ex-Secretário de Governo - V. Redonda/Barra do Piraí e ex-Secretário de Administração de Volta Redonda.  Saiba mais...

Arquivos

Data da publicação:

Newsletter

Gostaria de receber atualizações do blog?


Notas

  • O TRESVARIO DE LULA!
  • 10/04/18 18h28
  • O ex-presidente Lula perdeu totalmente o controle quando percebeu, no dia 07 de abril último, que o artigo 5º da Constituição da República, promulgada no dia 05 de outubro de 1988, tinha algum fundo de verdade: "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza"! Até ali ele achava que estava acima de qualquer lei, que jamais seria preso e que alguém ou alguma instituição -  STJ ou STF - teria que achar alguma solução para que os crimes dele - corrupção e lavagem de dinheiro - não fossem punidos como deve acontecer com qualquer brasileiro. O problema maior do Brasil não é a corrupção, porque ela existe em todos os países, em todos os governos e na grande maioria das empresas, inclusive no Vaticano e nas igrejas evangélicas, mas sim a impunidade, que é uma marca do nosso país, com o respaldo do foro privilegiado e das centenas de recursos que são admitidos nos processos criminais, que acabam levando à prescrição da maioria dos crimes. A Operação Lava a Jato revolucionou este estado de coisas colocando atrás das grades empresários ricos, ex-deputados, ex-prefeitos, ex-governadores e até mesmo um ex-presidente da República. Ainda há muita gente solta - Aécio, Renan Calheiros, Romero Jucá, Moreira Franco, Gleisi Hofman, Paulo Bernardo, José Serra, Maluf, entre outros, que já deveriam estar fazendo companhia ao Lula, porque "todos são iguais perante a lei"! 

  • INTEGRIDADE/COMPLIANCE: VANTAGEM COMPETITIVA PARA O SEU NEGÓCIO!
  • 09/04/18 13h29
  • O Brasil nunca viveu um ambiente de tantas denúncias de corrupção e improbidade administrativa, envolvendo parlamentares, empresários, governadores e ex-governadores, ex-presidentes da república, prefeitos e ex-prefeitos e outras lideranças políticas como nos últimos 05 anos, reveladas, principalmente pela Operação Lava a Jato. Exatamente por isto, nunca foi tão importante o foco que tem sido dado à proposta de implantação de um Sistema de Compliance nas pequenas e grandes empresas e também na Administração Pública. Compliance significa "respeitar o parceiro de negócio, tratar bem os funcionários, honrar os contratos e os acordos, respeitar as leis, não enganar clientes ou fornecedores, não cometer infrações e evitar que elas aconteçam". Segundo o Ouvidor-Geral da PMVR, "uma empresa íntegra atua dentro da legalidade, pautando suas atividades por valores e princípios éticos, buscando sempre defender a honestidade e impedir a ocorrência de irregularidades em seus negócios. Compliance significa estar em conformidade com as leis, regulamentos e processos". Vale a pena ler o artigo e refletir sobre as verdades que foram levantadas pelo Ouvidor Geral!

  • LULA NO STF REPRESENTA A IMPUNIDADE!
  • 04/04/18 17h34
  • Que o Brasil é o país da impunidade, a gente já sabia. Que nem todos são iguais perante a lei, como afirma a Constituição, a gente tinha certeza, mas nunca poderíamos imaginar que a maioria do STF estaria disposta a rever uma jurisprudência da própria Corte Suprema para beneficiar um réu condenado em 2ª instância e por unanimidade, a 12 anos de cadeia, simplesmente porque ele já foi Presidente da República! É a desmoralização da Constituição, do Poder Judiciário e principalmente do STF. Ali cada Ministro representa uma corrente política: Dias Toffoli foi advogado do PT, assessor do José Dirceu e Advogado Geral da União. Não poderia sequer votar, por suspeição. Celso de Mello representa o grupo do Maranhão - Sarney e Edson Lobão e outros citados na Lava a Jato. Gilmar Mendes representa o PSDB e todos os seus denunciados. Alexandre Morais representa o Temer e toda a tturma em volta dele. 07 Ministros foram nomeados pelo Lula e pela Dilma e agora eles estão cobrando a conta! Marco Aurélio é primo do Collor, também citado pela Lava a Jato. Levandowski é amigo íntimo do Lula e envolvidíssimo com o PT. Enfim não se pode esperar outra atitude do STF, uma corte acovardada e altamente comprometida com a impunidade! Vale a pela ler o Editorial.  

  • LULA, O FICHA SUJA!
  • 28/03/18 17h16
  • A Lei Complementar nº 135, de 2010, também chamada Lei da Ficha Limpa, é um exemplo de lei infraconstitucional que regulamenta restrições à elegibilidade. Ela foi fruto de um projeto de lei de iniciativa popular, encabeçado por entidades que fazem parte do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), e mobilizou vários setores da sociedade brasileira, entre eles, a Associação Brasileira de Magistrados, Procuradores e Promotores Eleitorais (Abramppe), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), organizações não governamentais, sindicatos, associações e confederações de diversas categorias profissionais, além da Igreja católica. Foram obtidas mais de 1 milhão e 600 mil assinaturas em apoio. O Projeto de Lei teve o respaldo popular e o apoio de importantes instituições como a própria OAB, que hoje defende a candidatura do Lula, apesar dele ter sido condenado em 2ª instância. Foi sancionada pelo próprio Lula, mas para ser aplicada para outros candidatos, porque se for aplicada a ele é "fraude". O Brasil é um país "sui generis", em que a lei só vale para algumas pessoas, o que prova, mais uma vez, que nem todos são iguais perante a lei!

  • O PREÇO DO DESASTRE PETISTA!
  • 27/03/18 17h36
  • O PT e seus aliados querem jogar toda a culpa pela atual crise econômica para o Governo Temer, que é a continuação do Governo Dilma. Ambos absolutamente incompetentes! Os governos do PT perdoaram dívidas de outros governos, construíram obras caríssimas em outros países e praticamente faliram os fundos de pensão estatais, principalmente o Petros - Petrobrás; Funcef - CEFe Previ - Banco do Brasil. Em decorrência de tudo isto, surgiu a crise atual, com o desemprego de milhões de brasileiros, que eles preferem jogar nas costas do incompetente Michel Temer, que foi eleito por eles e que substituiu, constitucionalmente, com a supervisão do STF, a incompetente Dilma, que perdeu totalmente a governabilidade e não tinha mais as mínimas condições de administrar o Brasil, se é que teve em algum momento dos seus 06 anos de mandato. Vale a pena ler o Editorial do Jornal O Estado de São Paulo. 

Anterior 1 2 [3] 4 5 6 7 8 9 10 Próximo 
Pesquisar

www.sergioboechat.blog.br - Todos os direitos reservados - 2008