Rio de Janeiro, 01 de dezembro de 2020

É Advogado, Consultor Político e Membro da Associação Brasileira de Consultores Políticos - ABCOP.  Atua há mais de 35 anos como Assessor e Consultor Político.  Autor de "A Arte da Governabilidade", Ed. Multifoco.  Ex-Secretário de Governo - V. Redonda/Barra do Piraí e ex-Secretário de Administração de Volta Redonda.  Saiba mais...

Arquivos

Data da publicação:

Newsletter

Gostaria de receber atualizações do blog?


Notas

  • POR QUE VOTAR EM BALTAZAR - 55 - PARA PREFEITO!
  • 08/11/20 17h25
  • A Prefeitura de Volta Redonda está enfrentando sérias dificuldades financeiras, tanto que os salários dos servidores está sendo parcelado e está havendo dificuldade para antecipar a 1ª parcela do 13º Salário. Para enfrentar e vencer todos estes percalços, precisamos de um prefeito competente, sério, ficha limpa, experiente e que conheça muito bem a Administração Municipal e este nome é Paulo Baltazar. 55. Não adianta inventar, arriscar ou apostar em um nome diferente, porque já vivemos esta experiência e já vimos que não deu certo. Eu voto em Baltazar e aponto pelo menos 30 razões para agir desta forma. Vale a pena ler o texto abaixo e votar certo, para evitarmos mais uma decepção.  

  • SENTENÇA DE INDEFERIMENTO DO FICHA SUJA NETO.
  • 27/10/20 21h19
  • O pretenso candidato a prefeito de Volta Redodnda, o "ficha suja" Antônio Francisco Neto, teve a sua candidatura impugnada pela Justiça, concluindo o Juiz da 131º Zona Eleitoral de Volta Redonda: "Ex positis, julgo procedentes as impugnações apresentadas pelo Ministério Público, pela Coligação “A esperança de volta”, parcialmente procedentes as impugnações de Almazyr Mattos Júnior e Silvio Sérgio de Lima Lacerda e outro, e INDEFIRO o pedido de registro de candidatura de ANTONIO FRANCISCO NETO, para concorrer ao cargo de Prefeito, sob o número 25, com a opção de nome "NETO". Por conseguinte, julgo inapta a chapa composta com o candidato a Vice-prefeito, Sebastião Faria. Publique-se. Intime-se". Espera-se, em nome da moralidade, que tal sentença seja mantida para que o Brasil não seja visto, mais uma vez, como o paraíso da impunidade. Vale a pena ler a toda a Sentença que declarou inelegível o ex-prefeito "ficha suja". 

  • O QUE SE ESPERA DE UM VEREADOR, COMO REPRESENTANTE DO POVO.
  • 21/10/20 14h34
  • O Vereador é eleito para ser o representante do povo no Poder Legislativo Municipal. Como representante do povo, ele deve votar matérias de interesse do povo e fiscalizar o Poder Executivo. Infelizmente, não é o que acontece, normalmente. Uma vez eleito, o Vereador decide tudo por ele mesmo e acaba se vinculando ao Chefe do Poder Executivo, não votando de acordo com a vontade da população e não fiscalizando também nada nos seus 04 anos de mandato. Vale a pena ler a Nota abaixo, para entender quais são as funções do Vereador, segundo a Constituição da República e a Lei Orgânica Municipal e para cobrar mais dos próximos vereadores. 

  • OUTUBRO - MÊS DOS SERCVIDORES PÚBLICOS.
  • 11/10/20 21h50
  • No mês de outubro, dia 28, deveria ser comemorado, em todo o Brasil, o Dia do Servidor Público, mas não é o que acontece na esmagadora maioria dos Estados, dos Municípios e principalmente, no Governo Federal. Simplesmente, porque não há o que comemorar. Normalmente, os servidores são vistos pelos gestores como mais uma despesa e eles preferem investir em cargos comissionados, que custam muito mais caro, não entendem nada de Administração Pública, não cumprem a carga horária que deveriam cumprir e não estão nem aí para a população. Não têm compromisso com nada e com ninguém, exceto com quem os nomeou! Em novembro teremos eleição em que escolheremos quem vai administrar o nosso município. Senhores Servidores, analisem bem o discurso dos candidatos em relação ao funcionalismo, lembrem-se daqueles que já foram prefeitos e como eles agiram em relação ao funcionalismo e só então decida o seu voto. A partir de janeiro de 2021 os prefeitos começarão a governar e mostrarão exatamente o que pensam a respeito da categoria. Se elegermos o candidato errado, vamos pagar durante 4 anos pelo erro. O momento é de reflexão e de tomar a decisão correta! Boa sorte!  

  • O EVANGELHO BOLSONARISTA.
  • 16/09/20 21h30
  • O Brasil é um Estado laico e como tal não tem que dar imunidade tributária a Igrejas de qualquer credo, sob qualquer pretexto. Se os membros das igrejas pagam os seus tributos, por que os pastores ou missionários ficarão isentos, desfrutando de uma imunidade tributária pernóstica, que só provoca acúmulo de riquezas, principalmente nessas igrejas que têm donos, todos milionários, com um patrimônio de fazer inveja aos maiores empresários do Brasil e até do mundo. O Governo Bolsonaro, como todo governo no Brasil, quer fazer média com as igrejas, porque só pensa no apoio e nos votos que podem advir dessas concessões, chegando ao cúmulo de vetar alguns dispositivos e pedir aos parlamentares para derrubar os vetos. A gente que achava que já tinha chegado ao fundo do poço com a Dilma. Ledo engano! Vale a pena ler o editorial do Jornal Estado de São Paulo.  

Anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo 
Pesquisar

www.sergioboechat.blog.br - Todos os direitos reservados - 2008