Rio de Janeiro, 05 de agosto de 2020

É Advogado, Consultor Político e Membro da Associação Brasileira de Consultores Políticos - ABCOP.  Atua há mais de 35 anos como Assessor e Consultor Político.  Autor de "A Arte da Governabilidade", Ed. Multifoco.  Ex-Secretário de Governo - V. Redonda/Barra do Piraí e ex-Secretário de Administração de Volta Redonda.  Saiba mais...

Arquivos

Data da publicação:

Newsletter

Gostaria de receber atualizações do blog?


Blog

VR - CENÁRIO POLÍTICO PARA 2020.

29/06/2020 17:57:04

VR - CENÁRIO POLÍTICO PARA 2020.
 

Este ano, no dia 15 de novembro - 1º Turno e no dia 29 de novembro, se houver 2º Turno, teremos a eleição do novo Prefeito do município de Volta Redonda e apenas no 1º Turno a eleição dos 21 Vereadores. Com a possível desistência do atual prefeito de disputar a reeleição, o que eu não acredito, o jogo está totalmente aberto e tudo pode acontecer. Há ainda muitos pré-candidatos, mas a tendência é que haja uma redução de pretendentes a medida que sejam realizadas as Convenções Partidárias, limitando-se este número a 4 ou 5 candidatos, como tem sido nas últimas eleições.

No momento se apresentam como pré-candidatos: Paulo Baltazar - PSD; Benevenuto dos Santos - AVANTE; Cida Diogo - PT; Alfredo Peixoto - PSD; Maurício Pessoa - PSD; Toninho Orestes - PSC; Alex Martins - PSB; Washington Granato - PTC e Dayse Pena - PROS. Primeiramente, o PSD terá que decidir, internamente, quem será o seu candidato, já que há 3 pretendentes à vaga. A tendência natural é que o PSB e o PT marchem juntos. Haverá composições e no final deveremos ter um candidato da chamada esquerda - PT/PSB; um candidato ou candidata apoiada pelo Prefeito, se ele não for candidato à reeleição e um candidato ou candidata independente. Todos os pré-candidatos têm pontos fortes e pontos fracos.

Baltazar tem um bom currículo político e uma larga experiência em administração pública. Governou o município em situação de crise e se saiu muito bem. Deve-se a ele e a equipe sob o seu comando, o PCCS dos Servidores Públicos e do Magistério; manteve um excelente diálogo com os servidores e saiu do governo com aprovação altíssima, conseguindo eleger um "poste" como seu sucessor, em 1996. Enfrentou contratempos em sua carreira política, mas conseguiu sobreviver e tem tudo para chegar ao 2º Turno, como aconteceu em 2016 e desta vez ganhar a eleição. Nunca teve qualquer conta rejeitada pelo Tribunal de Contas.É ficha limpa!

Benevenuto dos Santos é neto do ex-Prefeito Benevenuto dos Santos Neto, que administrou o município por três anos, com muita competência, muita lisura e com muita sensibilidade política, apesar de não ter sido eleito pelo voto popular. Tem um excelente currículo e pode ser uma ótima alternativa para ajudar o município a sair do buraco.

Cida Diogo tem um currículo político bem extenso, conhece bem a Administração Pública e principalmente a Prefeitura de Volta Redonda. Tem contra ela o desgaste do PT, que ainda não conseguiu recuperar a força política que tinha até 2010. A tendência é se coligar com os partidos ditos de "esquerda", com exceção do PSOL, como sempre!

Alfredo Peixoto é uma dos mais fracos candidatos, se não for o mais fraco. Não tem nenhuma sensibilidade política e não sabe se relacionar com as pessoas, demonstrando total despreparo para exercer um cargo político, mesmo o de Secretário. Não deve ser indicado pelo PSD, se o partido pretende ganhar a eleição.

Maurício Pessoa tem um bom currículo político, tendo exercido a Presidência da Câmara  com muita competência. Vai ter muita dificuldade para ganhar a Convenção do PSD, mas se ganhar, é um bom nome, porque conhece a Administração Pública e principalmente, a Prefeitura de Volta Redonda. Se não for candidato, deve renovar o seu mandato de Vereador e pode ajudar muito o próximo prefeito. 

Toninho Orestes foi um bom Secretário de Infraestrutura. Muito dinâmico, muito dedicado e muito competente. Conhece muito bem a Câmara e a Prefeitura, mas teria muita dificuldade de ganhar uma eleição para prefeito. Seria um ótimo nome para compor uma chapa majoritária. 

Alex Martins foi Presidente da OAB e é um excelente profissional. Deve se coligar com o PT, porque sempre foram e são parceiros nas lutas políticas. É um bom nome para compor um governo de coalisão e um bom quadro a ser explorado.

Granato tem um currículo excepcional, como Vereador e como Presidente da Câmara Municipal. É um bom quadro. Sofreu alguns desgastes devido ao seu relacionamento com o ex-deputado Picciani e com o ex-deputado Eduardo Cunha, mas saiu ileso dessas relações e pode sim disputar uma eleição majoritária, com chance de se sair bem.  

Temos mais uma pré-candidata: Dayse Pena, do PROS. Um bom nome, com um bom trabalho no Secretariado do Samuca, mas acho que ainda não tem pique para brigar por uma vaga no 2º Turno. Seria também um bom nome para compor uma chapa majoritária e quem sabe na próxima eleição não poderia brigar lá em cima!

Tivemos já a primeira baixa entre os pré-candidatos: A Márcia Cury, um dos nomes bem qualificados para a disputa, anunciou esta semana que não será candidata a Prefeito este ano. Um nome de peso e que deve ser considerado pelo próximo prefeito para organizar e sistematizar o Sistema de Saúde na Cidade do Aço. Entende do assunto e é uma pessoa muita séria e competente.   

Não acredito que a eleição seja decidida no 1º Turno. Devemos ter 2º Turno e a briga será muito boa, ganhando quem se comunicar melhor e tiver as melhores propostas. Não vou falar sobre candidatura de "ficha suja". Não vale a pena. Pode até aparecer como candidato, mas será impugnado no meio do caminho. É o velho "ganha, mas não leva". Vamos deixar que a Lei Complementar nº 64, de 18/05/1990 - Lei das Inelegibilidades cuide dele e o coloque no seu devido lugar, que não é a Prefeitura Municipal de Volta Redonda.

Vamos acompanhar as convenções e a campanha, analisando cada candidato e as suas propostas.  Vamos torcer para que ganhe um candidato ou uma candidata que tenha compromisso com a verdade, que seja competente,  que respeite os Servidores Públicos, que saiba gastar os recursos públicos e que também sejam eleitos vereadores ou vereadoras que tenham a preocupação de fazer leis justas e fiscalizar o Poder Executivo.   



     

  

 

Deixe seu Comentário:

www.sergioboechat.blog.br - Todos os direitos reservados - 2008