Rio de Janeiro, 20 de setembro de 2020

É Advogado, Consultor Político e Membro da Associação Brasileira de Consultores Políticos - ABCOP.  Atua há mais de 35 anos como Assessor e Consultor Político.  Autor de "A Arte da Governabilidade", Ed. Multifoco.  Ex-Secretário de Governo - V. Redonda/Barra do Piraí e ex-Secretário de Administração de Volta Redonda.  Saiba mais...

Arquivos

Data da publicação:

Newsletter

Gostaria de receber atualizações do blog?


Frase do Dia

" O que mais me preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais me preocupa é o silêncio dos bons."

(Rev. Martin Luther King)

  • O EVANGELHO BOLSONARISTA.
  • 16/09/20 21h30
  • O Brasil é um Estado laico e como tal não tem que dar imunidade tributária a Igrejas de qualquer credo, sob qualquer pretexto. Se os membros das igrejas pagam os seus tributos, por que os pastores ou missionários ficarão isentos, desfrutando de uma imunidade tributária pernóstica, que só provoca acúmulo de riquezas, principalmente nessas igrejas que têm donos, todos milionários, com um patrimônio de fazer inveja aos maiores empresários do Brasil e até do mundo. O Governo Bolsonaro, como todo governo no Brasil, quer fazer média com as igrejas, porque só pensa no apoio e nos votos que podem advir dessas concessões, chegando ao cúmulo de vetar alguns dispositivos e pedir aos parlamentares para derrubar os vetos. A gente que achava que já tinha chegado ao fundo do poço com a Dilma. Ledo engano! Vale a pena ler o editorial do Jornal Estado de São Paulo.  

  • UM EXEMPLO DE POLÍTICO SÉRIO.
  • 29/08/20 21h40
  • Se todos os Vereadores, Deputados Estaduais, Deputados Federais e Senadores eleitos pelo Brasil afora, tivessem a mesma atitude do Senador José Reguffe, eleito pelo Distrito Federal, nós começaríiamos a construir um novo Brasil, economizando bilhões de reais, investindo mais em Educação e Saúde e pagando melhor os servidores públicos, que tocam a máquina administrativa em todo o país, reduzindo desta forma os cargos comissionados e eliminando, de uma vez por todas, o RPA da Administração Pública. Vale a pena conhecer um pouco da história política deste parlamentar e vamos começar a cobrar dos parlamentares eleitos por nós, uma decisão semelhante!  

  • EM DEFESA DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO.
  • 17/08/20 21h34
  • Um Consultor Legislativo do Senado Federal escreveu o artigo abaixo, desmascarando o Ministro da Economia Paulo Guedes, que procura colocar o funcionalismo público como o "bode expiatório" da crise nacional, como sempre fazem quase todos os gestores públicos, em todos os níveis. Vale a pena ler o artigo para entender bem qual é a intenção do Presidente da República e do seu Ministro da Economia, quando se propõem a enviar para o Congresso Nacional o Projeto da Reforma Administrativa. Apesar da má intenção dos dois, há sindicalistas que apoiam o atual governo, o que é um tremendo contra senso e uma questão difícil de ser explicada para os Servidores Públicos espalhados pelo nosso imenso Brasil. Esperamos que o Congresso não aprove o Projeto, já que a última palavra é dos Senadores e Deputados Federais, por se tratar de uma Emenda Constitucional. 

  • NETO - UM CAMPEÃO EM CONTAS REJEITADAS E INELEGIBILIDADE.
  • 15/08/20 22h34
  • O ex-Prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto é "ficha suja". Está inelegível. Pode até ser candidato a Prefeito, mas será impugnado no momento certo, como aconteceu com o ex-Governador Antony Garotinho. Tem várias contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas, bem como  pela Câmara Municipal de Volta Redonda, não tendo condições mínimas para administrar um município como Volta Redonda. Vale a pena ler a matéria publicada pelo Jornal Livre.
  • VR - CENÁRIO POLÍTICO PARA 2020.
  • 29/06/20 17h57
  • No dia 15 de novembro próximo, iremos novamente às urnas para eleger os 21 Vereadores e o novo Prefeito Municipal de Volta Redonda. Uma eleição bem diferente, face à Pandemia e à grave crise econômica que chegou a todos os municípios, por causa da queda de arrecadação, em todos os níveis. Precisamos escolher muito bem quem vai comandar o Poder Executivo e também quem vai formular as leis e fiscalizar O Chefe do Executivo e sua equipe de trabalho. Há muitos pré-candidatos e cabe a nós, eleitores, a responsabilidade de escolher os melhores. Não basta votar em quem é "contra" alguém ou "contra" alguma coisa, mas votar em quem sabe fazer, conhece a Administração Pública e tem experiência para gerir crises. Leia o texto abaixo e faça o seu comentário! 

  • VOLTA REDONDA - UMA PRIVATIZAÇÃO DESASTROSA.
  • 25/06/20 18h39
  • Em 1993, a CSN foi privatizada, a preço de banana e levou de lambuja, um hospital, um Ginásio de Esportes moderníssimo, um Centro de Puericultura, um Hotel e 30% das terras do município. O preço pago não cobria, segundo notícias da época, sequer o estoque da empresa. A empresa nunca teve e não tem nenhum compromisso com o município, tendo fechado o Escritório Central, depois de transferir a Administração da Empresa para São Paulo e agora fecha também o Recreio dos Trabalhadores. Alguma coisa já poderia ter sido feita se o Estauto da Cidade, a Lei Federal Nº10.257/2001, tivesse sido implementada pelo prefeito da época, mas nada foi feito e "tudo continua como dantes no quartel de abrantes".  Permito-me dar algumas sugestões ao Governo Municipal para tentar minorar este quadro dramático para a população e restaurar um pouco da dignidade perdida pela Cidade do Aço nessa privatização desastrosa.  

  • VOLTA REDONDA: O QUE ESPERAR DO PRÓXIMO PREFEITO.
  • 20/06/20 21h56
  • Este ano teremos mais uma eleição municipal, que tanto pode ser em outubro, como em novembro, dependendo da pandemia e eu gostaria de colocar algumas idéias para o próximo Prefeito de Volta Redonda. É fruto da minha experiência na Administração Federal e na Administração Municipal, em Volta Redonda e Barra do Piraí. Não é difícil fazer o que eu estou sugerindo. Basta que o futuro Prefeito queira fazer diferente do que vem sendo feito nos últimos anos, na Cidade do Aço. Reflita desde agora, se você tem a pretensão de disputar a eleição e assuma alguns compromissos com a população, desde que esteja disposto a cumpri-los. Não prometa por prometer, porque você será cobrado e muito, porque a população não aguenta mais tanta mentira e tanto jogo de palavras, sem que nada aconteça. Esta é a minha contribuição para o futuro Prefeito de Volta Redonda. 

  • SERVIDOR PÚBLICO: SEMPRE O BODE EXPIATÓRIO.
  • 05/06/20 01h47
  • Sempre que há qualquer tipo de crise na Administração Federal, Administração Estadual ou Administração Municipal sobra para o servidor público. A primeira coisa que o "gestor" pensa em fazer é atrasar, reduzir o salário ou cortar direitos do servidor público. Não pensa em mais nada. Acha que com isto vai resolver todos os problemas gerados pela incompetência dos "gestores" anteriores ou vai fazer brotar dinheiro para equilibrar as financas do seu governo. Uma coisa precisa ficar muito clara: Quem toca a máquina administrativa são os servidores de carreira. Não os servidores comissionados. Aliás, todos deveriam registrar o ponto, cumprir a carga horária e ocupar uma função no governo. A grande verdade é que os Comissionados trabalham quando querem, onde querem e se quiserem, sendo simplesmente, na grande maioria dos casos, uma forma de recompesar os cabos eleitorais que participaram da última eleição, apoiando um candidato. Vale a pena ler a Nota abaixo e votar melhor, para que as coisas mudem e não sobre apenas para o servidor público.      

  • A GUERRA DE BOLSONARO
  • 16/05/20 16h46
  • O Presidente Bolsonaro começa a mostrar quem realmente ele é! Já nomeou pessoas ligadas aos Partidos do Centrão, mesmo aqueles denunciados por corrupção, para se garantir no cargo, no caso de votação dos impeachment que estão na Câmara dos Deputados e até no Supremo Tribunal Federal. Ele está governando pensando na economia e na sua reeleição, em 2022, porque uma coisa está intimamente ligada à outra! Ele não está nem um pouco preocupado com a vida da população. Quando ele defende a reabertura do comércio e a volta à normalidade, ele mostra que está preocupado com a repercussão que a crise pode ter sobre a sua candidatura na próxima eleição presidencial. Esperamos que a população não erre duas vezes, mas no Brasil tudo é possível!  Vale a pena ler o Editorial do Jornal "Estado de São Paulo" sobre a situação polítical atual!  

  • A ESCOLHA DE TEICH.
  • 15/05/20 14h23
  • Nunca houve na história do Brasil um governo tão confuso, tão contraditório e tão incompetente politicamente, como o Governo Bolsonaro. É evidente que ele não estava preparado para ocupar o cargo e jamais pensou nisto, antes da derrocada do PT e o surgimento do voto de protesto que caracterizou a última eleição presidencial. A maioria escolheu quem era o adversário mais indesejado pela esquerda e deu no que deu. Um Ministério, na sua maioria incompetente e bizarro; um número exagerado de militares em áreas em que nunca atuaram e uma família presidencial que só cria problemas para o governo, além dos destemperos do próprio Presidente. A escolha do novo Ministro da Saúde é o melhor exemplo de total despreparo do governo para conviver com crise e a atitude do Presdiente diante do Corona Vírus é o melhor exemplo de que o Brasil está sendo muito mau administrado. Alegam a favor do Governo que "não há corrupção". Até o último ano do primeiro mandato do Lula também não havia corrupção, que só ficou evidenciada pelo Mensalão, em 2006. É muito cedo para falar sobre isto e as despesas com o Cartão Corporativo já começam a assustar. Vale a pena ler o artigo do Jornalista Bernardo Mello Franco sobre a péssima escolha do novo Ministro da Saúde.   

www.sergioboechat.blog.br - Todos os direitos reservados - 2008