Impresso em: 19/10/2019 04:59:57
Fonte: http://www.sergioboechat.blog.br/nota.php?l=1c2a9d096e0caf749411898431539cc6

VOLTEI, AQUI MEU LUGAR!

30/07/19 01h58

Assim começa uma música de Osvaldo Nunes e reflete muito bem a decisão que eu acabei de tomar em relação ao meu Blog: Voltei. Aqui é meu lugar! E continua a música: “Minha emoção é grande, a saudade era maior e voltei para ficar”. Este é o meu sentimento neste exato momento. Voltei para ficar e para exercer o meu direito de crítica, sempre agindo com equilíbrio, inteligência e baseado em fatos. Vou analisar o quadro político nos municípios com os quais tenho afinidade, vou analisar as decisões do Governo Estadual e também vou analisar as decisões do Governo Federal e suas idiossincrasias.

No dia 06 de fevereiro de 2017, atendendo a um convite do Prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, assumi um cargo na sua assessoria, com uma proposta de trabalho que, infelizmente, nunca se consumou, nos termos em que foi colocada. Durante todo o tempo em que trabalhei na Prefeitura, eu paguei para trabalhar, na esperança de que pudesse ser útil ao governo, colocando o meu conhecimento e a minha experiência à disposição do Governo Municipal, mas não foi isto que aconteceu. Mesmo na função de Subsecretário de Administração, a partir de junho daquele ano, eu não passava de um mero expectador, sem participar das decisões mais importantes e só sabendo das notícias por meios transversos. Não era isto que eu esperava!

Resolvi deixar o Governo no último dia do mês de maio de 2018, retornando ao Rio de Janeiro. Recebi proposta do Prefeito para continuar prestando serviços à Administração Municipal, mas a idéia não me empolgou e eu preferi ficar fora do Governo. Agora retorno às minhas antigas funções no Blog, com total independência, já que não tenho nenhum compromisso político com quem quer que seja e sinto-me muito à vontade para escrever os meus textos e fazer as minhas críticas e sugestões.

Não tenho pretensões políticas e não vou me vincular a nenhum grupo político. Há muita coisa para ser comentada e criticada em todas as esferas de governo. O sucesso ou o insucesso de uma administração está condicionado à escolha inteligente da equipe de trabalho, usando os critérios da seriedade, da competência, da experiência e da sensibilidade política. Quando uma equipe de trabalho é escolhida buscando apenas o novo, premiando amizades antigas ou se baseando apenas em valores sentimentais, não pode dar certo. E isto tem acontecido nas Prefeituras Municipais, no Governo do Estado e agora no Governo Federal.

Vamos caminhar juntos! Fazer política com “P” maiúsculo e torcer para que no próximo ano sejam escolhidos melhores prefeitos e vereadores com mais consciência política, que entendam que o Poder Legislativo e o Poder Executivo são dois poderes “independentes e harmônicos” entre si, não se admitindo qualquer tipo de “acordo” que ponha em risco o interesse maior de quem paga os salários de todos os agentes políticos, que é a população de cada município. Contem comigo!